Sábado, 10 de Dezembro de 2016

Uma massagem para acalmar as costas e a alma

E nesta altura do ano é sempre necessário uma massagem! O corpo acumula mazelas que com o frio e humidade vão piorando e provocam dor e mau estar. A nova amiga J. é fisioterapeuta e trabalhava mesmo aqui perto de casa. Ontem ao final do dia fui experimentar. Dei muitos "ais"! Uma hora de massagem às costas e muitos " nós" encontrados. Vim embora com a recomendação de chegar a casa e enfiar-me na cama com um saco quente nas costas para não ter dor no local massajado. Acabei por adormecer! O sócio chegou a casa e não percebeu o silêncio de quando chamava por mim não respondia, tal era o sono profundo! Hoje, tal como esperava, tenho dor em alguns sítios, o que é normal, porque houve a tentativa de desfazer o que está a mais! Para a semana há mais 😉

Sinto-me:: Melhor das costas
publicado por mg_criacoes às 09:08
link do post | comentar | favorito
Sexta-feira, 2 de Setembro de 2016

Quinoa com cogumelos

Sempre fui um "pisco" a comer por isso a minha curiosidade por procurar sempre outras alternativas. Não gosto de comer as coisas sempre da mesma forma. São tantas as vezes de refeição que é preciso variar. Quando a comida não me agradava vingava-me nas gulodices, isso fez com que sempre tivesse peso acima do normal. O sócio diz que nunca cozinho um prato da mesma forma! É isso mesmo que pretendo! Um dia destes numa das lojas do Celeiro disseram-me que a quinoa era o super alimento, que substituía em grande parte os nutrientes  existentes nas leguminosas que eu não posso ingerir (maldito cólon irritável!) Já tinha comprado quinoa, estava na dispensa à espera de um empurrão para ir para o tacho. Um dia destes foi o dia!

 

Ingredientes:

1 porção de quinoa branca

2 porções de água 

cogumelos 

pimenta vermelho e amarelo

alho

sal

azeite

ervas frescas

sumo de limão 

 

Preparação:

Lavar a quinoa em água corrente (usei um passador de rede para facilitar a lavagem). Colocar num tacho e cobrir com a água correspondente. Colocar um fio de azeite e umas pedrinhas de sal. Deixar cozinhar por 15 minutos. Retirar do lume e reservar.

Entretanto num prato de ir ao forno colocar os cogumelos partidos ao meio, pedaços de pimento amarelo e vermelho, temperado com alho picado, sal e azeite. Quando os cogumelos estiverem assados, envolver com a quinoa. 

Temperar com sumo de limão e ervas frescas picadas no momento. Pode-se comer quente ou frio.

image

Sinto-me:: Em experiências
o que estou a escutar: P
publicado por mg_criacoes às 22:02
link do post | comentar | favorito
Quinta-feira, 18 de Agosto de 2016

PRP Tratamento capilar # 4º tratamento

Na semana passada fui fazer o quarto tratamento capilar, designado de plasma rico em plaquetas (PRP). O último que fiz foi há 3 meses. Neste espaço de tempo mantive o tratamento oral, shampoo adequado e loção para aplicar à noite. No fim-de-semana passado um amigo nosso dizia que alguma coisa estava diferente comigo mas não sabia bem o quê, depois lá identificou que era a cabeleira mais farta e preenchida!

Desta vez não coloquei o creme anestésico, existe um secador que emite ar gelado que serve de anestesiante. É melhor do que nada, mas para mim o creme é sem dúvida a solução que menos me provoca dor. Eu que não gosto de frio e muito menos frio gelado, senti que teve um efeito contrário, que me tornava mais sensível à dor, pelo que o melhor é sempre colocar o creme durante uma hora para anestesiar o couro cabeludo. Segundo a médica dermatologista, eu sou a paciente com melhores e mais rápidos resultados! Parece que o meu plasma é dos bons! Alguma coisa boa tinha de ter :) São duas seringas de plasma que são injectadas no couro cabeludo, é isso mesmo, são várias picadas até introduzir o líquido todo. Doloroso, mas o resultado compensa! Agora só volto em Dezembro!

Sinto-me:: com uma nova cabeleira
publicado por mg_criacoes às 09:23
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
Segunda-feira, 6 de Junho de 2016

Dormir no chão

Sim, às vezes durmo no chão mas é pelas melhores razões! Quando me dói as costas em vez de tomar um analgésico, estendo a manta e deito-me no chão, acordo como nova. Costumo fazer isto nos dias da sesta ou ao final do dia para relaxar. Ainda não me atrevi dormir uma noite inteira, quem sabe um dia destes. Há culturas em que a cama é no chão, talvez o contacto com o chão transmita boas energias, estou mesmo a precisar. Entretanto, vou pesquisando sobre um colchão novo, dizem que se deve mudar de 8 em 8 anos, também me parece uma boa altura, até porque o meu já vai fazer 10. Sugestões?

Sinto-me::
publicado por mg_criacoes às 09:14
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
Quarta-feira, 1 de Junho de 2016

Com ou sem anestesia?

Esta esperta foi ontem ao dentista e quis experimentar tratar um dente sem anestesia, só porque queria experimentar se aguentava a dor! É que para tudo o que provoca dor, acenam logo com a anestesia. Aquela sensação de não sentir a bochecha e que às vezes apanha o nariz é terrível, depois queremos ingerir líquidos e não temos sensibilidade. Desta vez quis experimentar a frio. Claro que ao início tudo foi tranquilo, mas quanto mais a dentista brocava o dente mais eu me queixava, mas já não havia nada a fazer. Levei um raspanete da dentista e da assistente "cada vez que franze a testa ficamos assustadas"! E ficou na minha ficha de doente que é sempre com anestesia, sem direito a discussão. Ainda pensei que no fim tivesse dor, mas não foi preciso tomar nenhum analgésico.

Sinto-me:: corajosa
publicado por mg_criacoes às 09:16
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito

Marisa Rebiteza

Fevereiro 2017

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
28

Posts recentes

Uma massagem para acalmar...

Quinoa com cogumelos

PRP Tratamento capilar # ...

Dormir no chão

Com ou sem anestesia?

PRP Tratamento capilar # ...

Estás mais magrinha!

PRP tratamento capilar # ...

Arquivos

Tags

actividade profissional

actividades domésticas

amizade

bijuteria

bimby

experiências

faculdade

família

férias

lazer

livros

memórias

natal

receitas

relações interpessoais

relações profissionais

saúde e bem-estar

sentimentos

tempo

viver

todas as tags

Links